Torre Eiffel e arredores

8 · 8 · 2010

Nós odiamos fila, mas decidimos que se tivéssemos que subir a alguma torre seria à Eiffel. Para que subir em prédios mais baixinhos? Vamos logo chutar o pau da barraca. Há duas recomendações a fazer aqui. Primeiro, nós já tínhamos feito várias coisas antes de encarar a fila e estávamos com tendência ao cansaço. Segundo, é possível reservar as entradas ou comprá-las pela internet antes, coisa que não fizemos, e perdemos cerca de 40 minutos numa fila para comprar a entrada para subir.

Depois, para passar do primeiro elevador para o segundo, a fila é igual para todos, mas aí já estávamos bem contentes com o que víamos e resolvemos curtir um pouco por ali e descer. Suponho que as pessoas que vêm para Paris por uma semana compram a entrada antes, senão, é ilógico perder tanto tempo assim: no total, entre fila para comprar, espera para subir, os 10 minutos que ficamos na segunda fila antes de dizermos “a la mierda” para depois descer, acho que ficamos umas 2 horas e meia.

Mas, enfim, aos arredores também há muita coisa para ver. Eu, que adoro o Terry Gillian, também adoro um carrossel e acho que as duas coisas estão relacionadas. O Carrossel de Paris está no parque ao pé da torre. Eu fiquei ali dando volta com vontade de falar para alguém “seu filho não quer ir ao carrossel”?

Também está o Musée de la Mode et du Costume, onde recentemente filmaram Inception, o último do Christopher Nolan sobre o qual falei aqui. No jardim desse museu paramos para o nosso almoço do dia: um sanduiche árabe maravilhoso comprado na feira de rua de um dos bairros mais chiques de Paris. E o jardinzinho ali parecia um restaurante ao ar livre, ou achamos que todos os trabalhadores parisinos pagam EUR30 ao dia para comer nos cafés do pedaço? Aliás, eu adoraria ter entrado ao museu, mas estava fechado.

Bem em frente está o Musée d’Art Moderne de la Ville de Paris, que ainda não visitamos, mas ali fomos tomar nosso cafezinho com sobremesa depois do sanduba no parque e, de quebra, fomos nos aproximando à Torrei Eiffel, piscando para ela de longe.

Nos jardins em frente à Torrei Eiffel está o Palais de Challot e ali do lado estava a antiga cinemateca de Paris, onde há alguns anos atrás foi rodado um filme que vários de nós adoramos. Alguém se lembra qual é?

Para completar nossos arredores da Torre Eiffel, fomos também a uma ilhota ao lado da Pont de Bir Hakeim onde o James Joyce, nada mais nada menos, costumava passear. Eu sempre atrás de que uns espíritos desses baixem em mim…

Quanto à Torrei Eiffel, ela é linda mesmo, é uma sensação incrível estar debaixo de um amontoado de ferro pesado enquanto, ao mesmo tempo, dizemos não a todos os africanos que querem nos vender chaveirinhos da Torre. Mas acho que curtir os arredores, da estação de metro Alma Marceau até a Bir Hakeim, vale tanto quanto (ou mais que) subir na Torre. Além disso, é possível subir a Torre Montparnasse e ficar da mesma altura que a Torre Eiffel. Paris é linda de cima também, mas de baixo e de perto é muito mais!

Be Sociable, Share!

2 comentários

  1. Ai ai ai…em primeiro lugar, já percebi que vc é apaixonada por cinema e notei que eu não conheço nada sobre filmes…hehehe

    Segundo, sobre a torre: pegamos uma fila de 45 minutos para chegar ao 2º andar. Depois teríamos que esperar lá em cima mais uma hora para descer, porque estava lotado. Não sei se vc percebeu, mas o tempo de estada lá em cima é ilimitado, então enquanto o pessoal não desce, ninguém sobe. No final das contas esperamos meia hora, cansamos e resolvemos descer, para caminhar pela redondeza.

  2. admin says:

    Pois é, Érica, tem que ter o sonho de subir nessa torre, senão, não é uma coisa tão de outro mundo, vai… É bonito e tal, mas tem que ter tempo para perder para ficar na fila e encarar a chatice da espera.
    Olha, eu antes me achava apaixonada por cinema, até que conheci meu marido. Aí não tem páreo para ninguém (que eu conheça)…. e não é corujice não, é séria a coisa :)

Deixe um comentário

DePo Archives

Lifestyle Blogs - BlogCatalog Blog Directory
Blogs de Viagem