Pedalando pelo Caminho de Santiago

1 · 21 · 2011 Vista da subida do Poio

Para combinar com a nossa viagem de fim de ano pelo norte da Espanha, nada melhor que um post do meu querido convidado hermano e brother, Rodrigo, que fez com a Dani, sua linda mulher (e que companheira, para topar uma empreitada dessa!), o Caminho de Santiago ano passado. Durante a viagem, eles foram postando imagens e texto pelo iPhone

Leia mais...

As delícias de Oviedo

1 · 17 · 2011 Catedral de Oviedo

A cidade de Oviedo, capital do Principado de Astúrias, entrou no mapa internacional quando Woody Allen a colocou em seu filme Vicky Christina Barcelona. Os ovetenses ficaram tão agradecidos que lhe deram até uma estátua! Deviam dar uma para o meu marido também, que nasceu lá e até agora me falava tantas maravilhas de sua terra que era difícil de

Leia mais...

Meu Thyssen Bornemisza

1 · 13 · 2011 Retrato de Giovanna Tornabuoni, 1488, Domenico Ghirlandaio

Trata-se de um dos maiores museus “del mundo mundial” (como se diz na Espanha), do nível de um Prado, Louvre, porém muito menor, claro, mas com uma coleção primorosa, que abrange um período longo da história da pintura desde os primórdios do Renascimento até hoje, com obras representativas muito bem escolhidas e apresentadas. Muitas pessoas que conheço que estiveram em

Leia mais...

El cocido madrileño

1 · 10 · 2011 Cocido madrileño

Quando cheguei à Espanha, logo fui perguntando sobre o famoso “puchero”, que se come tanto na Argentina e no Brasil como uma comida “espanhola”, só que aqui ninguém conhece um prato com esse nome. Falar “puchero” é como falar “ensopado”… qualquer prato pode ser um puchero. O que sim é apenas parecido ao puchero argentino é o “cocido”. E, pelo

Leia mais...

Consumo consciente

12 · 22 · 2010 Alemanha: a família Melander de Bargteheide. Gastos semanais com comida: 375.39 Euros. © Peter Menzel, do livro Hungry Planet: What the World Eats

Há três anos já que eu, Manuela e Alexandre trabalhamos com a tradução do material do Fórum Internacional de Comunicação e Sustentabilidade. É um trabalho que adoramos fazer não só porque aprendemos muito com palestras de pessoas interessantíssimas, mas também porque nos identificamos com várias pautas que são debatidas ali. Uma delas, que sempre aparece e que achamos importante debater

Leia mais...

Slow travel: a arte de viajar com delicadeza

12 · 5 · 2010 Viajar com delicadeza

O Slow Travel propõe desfrutar da viagem em si, para além da ansiedade do chegar. Por isso, eles vão ao extremo: viajar de burro é o máximo! Bom, dessa vou ficar fora, porque não vou aderir, mas concordo com uma coisa: em vez de tomar o metrô, por que não ir andando ou tomar o ônibus, mesmo que demore mais? Por que não ir em trem, estando aqui na Europa, em vez de avião, e desfrutar da paisagem? Mais de uma vez escutei gente falando que chega cansado depois de uma viagem de férias. Paradoxal, nnao? Se vai viajar, relaxe!

Leia mais...

Viagem a Lucélia

11 · 26 · 2010 Igreja de Lucélia

No fusquinha amarelo do meu pai, chegavamos ao trevo de Lucélia cantando “Oh, minha linda Lucélia, lugar onde eu nasci”, que era até onde sabíamos a letra. Parece que naquela época Lucélia tinha até hino, parecia até que era uma cidade importante. Mas nem meu avô, que cantava moda de viola e tinha conhecido os fundadores da cidade, tocava esse

Leia mais...

Do camarão ensopadinho com chuchu

11 · 23 · 2010 OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Voltar ao Brasil depois de um ano e meio fora é delicioso e estranho ao mesmo tempo. As delícias são óbvias: a família, os amigos, a comida gostosa da mãe, da avó, o sushi abundante, a pizza da Móoca, o pastel de feira. Estar no país da gente faz bem, é confortável, é bom para reabastecer as energias. Os anos

Leia mais...

A rede social: o filme

10 · 29 · 2010 Imagem14

Se o título “Rede Social” -último filme do David Fincher– se referisse apenas ao Facebook, esse filme talvez não fosse a beleza que é. Sim, ele conta a história de Mark Zuckerberg, o criador do Facebook, e –principalmente– fala da importância das relações estabelecidas na universidade ou em outros âmbitos sociais para se alcançar o que se quer. Outro nome

Leia mais...

As passagens cobertas de Paris

10 · 27 · 2010 Galerie Colbert, Paris

As galerias ou passages couverts de Paris são muito mais que espaços bonitos (ou decadentes), encravados em toda a cidade. Elas nos surpreendem e aparecem onde menos esperamos! Em sua maioria construída após a Restauração napoleônica, algumas datam já do final do século XVIII e são emblemáticas para o flâneur baudelairiano (veja o post sobre Paris de Baudelaire), tal como

Leia mais...
Page 4 of 15« First...«23456»10...Last »

Assine e receba os posts por email

¡Traduzca este blog! Translate this blog!

    Translate from:

    Translate to:

Gostou do que leu? Comente!

Categorias